Estabelecido formalmente no final de 2015, como resultado da fusão do Museu de História Natural da U.Porto e do Museu da Ciência da U.Porto/Núcleo da Faculdade de Ciências da U.Porto (ambos originalmente a funcionar desde 1996), o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) tem como missão fundamental promover a difusão do conhecimento sobre a evolução, diversidade e a convergência entre o mundo natural e cultural. Nesse sentido, o MHNC-UP compromete-se a preservar, valorizar, estudar e divulgar um vasto património associado às ciências naturais, exactas e humanas, edificado através de actividades educativas e de investigação desenvolvidas no seio da U.Porto ao longo de mais de dois séculos.

O MHNC-UP encontra-se organizado segundo uma estrutura bipolar, que integra um polo central localizado nas instalações do Edifício Histórico da Reitoria da U.Porto, e outro, que inclui a Galeria da Biodiversidade e o Jardim Botânico do Porto.

O Polo Central do MHNC-UP, que alberga as colecções históricas de geologia, paleontologia, zoologia, arqueologia e etnografia, botânica (incluindo o Herbário da U.Porto PO) e ciência, encontra-se em processo de restruturação, estando neste momento encerrado ao público. Por sua vez, quer a Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva, quer o Jardim Botânico do Porto, estão abertos ao público.

O projecto de conceptualização e reestruturação do MHNC-UP, desenvolvido em plena articulação com a Agência Ciência Viva, é o primeiro a nível nacional que prevê e resulta do diálogo entre um Museu e um Centro Ciência Viva. Este projecto permitirá a abertura ao público em pleno século XXI de um museu universitário com décadas de história renascido como um hibrido entre um museu moderno e um CCV com objectivos claros ao nível de três eixos fundamentais: divulgação e educação, conservação e investigação. No novo MHNC-UP, concebido segundo uma inovadora filosofia baseada nas premissas da museologia total, serão contadas histórias sobre a vida, destacando-se objectos e fenómenos exemplares, bem como personalidades proeminentes na história do Museu e os seus percursos, tudo recorrendo às mais avançadas soluções museográficas e tecnológicas.

About the MHNC-UP

Formally established by the end of 2015 as the outcome of the merger between the Museum of Natural History of the U.Porto and the Science Museum of the U.Porto – Faculty of Sciences (both originally founded in 1996), the Natural History and Science Museum of the University of Porto (MHNC-UP) has as its main mission the dissemination of knowledge about evolution, diversity and the confluence between the natural and the cultural worlds. Accordingly, the MHNC-UP is committed to preserve, promote, study and raise awareness about a broad heritage linked to the natural, exact and human sciences, built up through education and research-related activities carried out by U.Porto throughout more than two centuries.

The MHNC-UP is organized according to a bipolar structure, encompassing a core pole located in the facilities of the Historic Building of the Rectory of U.Porto, and another one, which includes the Hall of Biodiversity and Porto’s Botanical Garden.

The Core Pole of the Museum, which harbours its historical collections of geology, paleontology, zoology, archaeology and ethnography, botany (including U.Porto’s Herbarium PO) and science, is now undergoing an extensive refurbishment process, and is thus closed to the public. In turn, both the Hall of Biodiversity – Ciência Viva Center, and Porto’s Botanical Garden are open to the public.

The MHNC-UP’s conceptualization and restructuring project, developed in close collaboration with the Ciência Viva Agency, is the first in Portugal to foresee and come about as the result of the dialogue between a Museum and a Ciência Viva Center (CCV). Amidst the XXI century, this project will offer society a university museum with decades of history which reborn as a hybrid between a modern museum and a CCV, with clear goals in what concerns three fundamental lines of action: dissemination, communication and outreach, conservation and research. At the new MHNC-UP, envisioned according to an innovative philosophy based on the assumptions a total museology philosophy, we will tell stories about life, highlighting extraordinary objects and phenomena, as well as prominent figures in the history of the Museum and their pathways. All this, taking advantage of the most advanced museography and technological solutions.