O Casa Comum Fest é um novo festival cultural que promove o diálogo entre várias instituições da Universidade do Porto, diversos artistas e toda a cidade. Promovido pela Casa Comum da Universidade do Porto, este festival terá lugar por toda a cidade ao longo do mês de abril.

O MHNC-UP estará representado no programa do Casa Comum Fest com uma seleção de atividades para todas as idades.

CRIME NO BOTÂNICO

Atreva-se a interpretar o papel de detetive e suspeito num crime fictício que ocorreu no Jardim Botânico da Universidade do Porto. Haverá tempo para inquéritos da judiciária e procura de pistas. Sente-se capaz de desvendar este enigma?

Local:

  • Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 3 abril 22, 3.ª feira, 15h00-17h00
  • 10 abril 22, Sábado, 15h00-17h00

Inscrições:

COM AS MÃOS NA TERRA

Não há nada mais terapêutico do que por as mãos na terra para cuidar dos nossos jardins. Ficamos, assim, a conhecer de perto as plantas e as suas necessidades e passamos a viver segundo o ritmo da natureza. Em abril, convidamo-lo(a) a jardinar connosco no Jardim Botânico da Universidade do Porto. Participe! Poderá participar numa ou em mais sessões, durante toda a sessão ou apenas durante uma parte da mesma.

Local:

  • Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 4 abril 22, 2.ª feira, 14h30-17h30
  • 8 abril 22, 6.ª feira, 10h30-12h30
  • 11 abril 22, 2.ª feira, 14h30-17h30
  • 15 abril 22, 6.ª feira, 10h30-12h30
  • 18 abril 22, 2.ª feira, 14h30-17h30
  • 22 abril 22, 6.ª feira, 10h30-12h30
  • 25 abril 22, 2.ª feira, 14h30-17h30
  • 29 abril 22, 6.ª feira, 10h30-12h30

Inscrições:

SARAU CIENTÍFICO ENERGIAS MÁS E ENERGIAS BOAS?

No dia 5 de abril, pelas 21h30, o Laboratório Ferreira da Silva abre-se à reflexão e ao debate científicos. Num ambiente único e envolvente, três ilustres convidados irão conduzir-nos através da discussão do papel que a energia desempenha nas nossas vidas. Numa era em que, a braços com uma crise climática, a preocupação com a sustentabilidade e o futuro do nosso planeta nos leva a apostar na transição energética, será realista acreditar que conseguiremos tornar-nos independentes de fontes poluentes de energia, abraçando unicamente as energias renováveis? Poderemos verdadeiramente falar em energias más e energias boas? E o qual o significado e impacto das nossas escolhas diárias neste processo global? O convite que fazemos é para uma sessão participativa, que partirá das perguntas que cada participante queira trazer, de todas as questões que pretenda discutir e de todos os pensamentos que queria partilhar. A não perder: uma noite de intensa conversa em torno de um dos mais prementes temas da ciência e tecnologia da atualidade com uma forte expressão social.

Local:

  • Laboratório Ferreira da Silva – Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • 5 abril 22, 3.ª feira, 21h30-23h00

Inscrições:

  • Entrada livre, limitada à capacidade do espaço

NOS BASTIDORES DO MUSEU: Visita às reservas de zoologia

Em qualquer museu apenas uma ínfima parte das coleções é mostrada ao público. A questão que se coloca é: onde estarão as restantes? Em abril, o MHNC-UP convida-nos a descobrir os espaços que albergam as suas coleções e a conhecer a história de algumas peças especiais. Esta é uma oportunidade única para tomar contacto direto com o trabalho que se faz nos bastidores de um museu de história natural e ciência pelas mãos e palavras dos seus curadores.

Local:

  • Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • 5 abril 22, 3.ª feira, 15h00-15h45
  • 26 abril 22, 3.ª feira, 15h00-15h45
  • 30 abril 22, Sábado, 15h00-15h45

Inscrições:

EXPOSIÇÃO O MUSEU À MINHA PROCURA

A partir do dia 6 de abril de 2022, o MHNC-UP convida-o(a) a conhecer O Museu à minha procura, a nova exposição temporária, patente no seu Polo Central (à Cordoaria). No Museu à minha procura encontrará um conjunto de peças das diversas coleções do MHNC-UP, bem como de algumas faculdades da U.Porto e ainda da Casa-Museu Abel Salazar. Esta exposição acontece quase cinco anos após a inauguração da Galeria da Biodiversidade (polo do Campo Alegre do Museu), na antiga Casa Andresen, local onde viveu o escritor Ruben A., autor da autobiografia O mundo à minha procura. O Museu à minha procura é também uma exposição autobiográfica: recorrendo às vastas coleções de objetos do Museu, foi feita uma seleção criteriosa com vista a proporcionar a todos os visitantes a possibilidade de se deslumbrarem com a beleza das histórias que cada objeto transporta. É ainda uma forma de dar a conhecer o novo Museu da U.Porto que está agora em construção neste polo do MHNC-UP. O Museu à minha procura é, em si, um mundo, que agora nos vem procurar e que não nos deixará indiferentes porque nos trará encanto, prazer, e conhecimento sobre a realidade que nos rodeia.

Local:

  • Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • A partir de 6 de abril
  • De terça-feira a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 (último acesso: 17h30)

Inscrições:

  • Entrada gratuita
  • Visitas guiadas – 1,5 € / pessoa

PRINCIPAIS COLEÇÕES DE PLANTAS DO JARDIM

Nos seus quatro hectares, o Jardim Botânico da Universidade do Porto alberga coleções de plantas que evidenciam décadas de trabalho de investigação e conservação botânica, e o gosto pela horticultura desde o séc. XIX. Desde as grandes Araucárias-de-Norfolk ao Liquidâmbar da América do Norte, passando pelos carvalhos de todo o mundo, e em particular os que caracterizam a paisagem portuguesa, vamos dar a conhecer as árvores notáveis do Jardim.

Local:

  • Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 8 abril 22, 6.ª feira, 14h30-16h00

Inscrições:

UMA VISITA AO PASSADO PALEONTOLÓGICO DE PORTUGAL

Nesta visita exclusiva à nova exposição temporária do MHNC-UP, O Museu à minha procura, venha conhecer um conjunto excecional de fósseis que nos permitem reconstituir a história do nosso planeta, na companhia do Curador de Paleontologia do MHNC-UP.

Local:

  • Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • 8 abril 22, 6.ª feira, 15h00-15h45

Inscrições:

O MISTÉRIO DOS OVOS: Arte e ciência em família

Numa aventura, por mares nunca antes navegados, nasce um coelhinho corajoso, de nome Darwin. A história deste coelhinho tem início numa viagem de exploração à descoberta d’A Origem das Espécies na Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva. De seguida, por entre diferentes cenários do Jardim Botânico da Universidade do Porto, os participantes embarcarão numa verdadeira caça aos ovos!

Local:

  • Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva / Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 9 abril 22, Sábado, 16h00-17h30
  • 23 abril 22, Sábado, 14h30-16h00

Inscrições:

NOS BASTIDORES DO MUSEU: Visita às reservas de arqueologia e etnografia

Em qualquer museu apenas uma ínfima parte das coleções é mostrada ao público. A questão que se coloca é: onde estarão as restantes? Em abril, o MHNC-UP convida-nos a descobrir os espaços que albergam as suas coleções e a conhecer a história de algumas peças especiais. Esta é uma oportunidade única para tomar contacto direto com o trabalho que se faz nos bastidores de um museu de história natural e ciência pelas mãos e palavras dos seus curadores.

Local:

  • Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • 12 abril 22, 3.ª feira, 15h00-15h45
  • 23 abril 22, Sábado, 15h00-15h45

Inscrições:

CONTAR HISTÓRIAS NO MUSEU: Oficinas de escrita criativa

Em qualquer espaço cultural, desde museus a jardins, de galerias a teatros, somos consumidores de cultura. Mas somos também produtores. Somos produtores não só na forma como organizamos novo conhecimento nas nossas cabeças, mas também o somos porque o transmitimos a outros. Quando recolhemos fotos, quando publicamos nas redes sociais, ou quando, através da narrativa oral, partilhamos com a família e os amigos aquilo que vivemos. Então e a escrita? E se experimentássemos criar os nossos próprios conteúdos com base naquilo que aprendemos numa visita ao MHNC-UP? E se isso nos ajudasse a interpretar os espaços culturais como nossos, enraizando-os cá dentro? Nesta experiência oferecemos uma visita em família a um dos espaços da Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva e do Jardim Botânico da Universidade do Porto, seguida de uma oficina de escrita criativa personalizada. Esta oficina oferece a possibilidade de criar conteúdo, apoiar a interpretação pessoal da visita, e também fornece algumas ferramentas de escrita criativa aplicáveis a diversas áreas.

Local:

  • Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva / Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 12 abril 22, 3.ª feira, 15h00-16h30
  • 16 abril 22, Sábado, 15h00-16h30
  • 19 abril 22, 3.ª feira, 15h00-16h30
  • 30 abril 22, Sábado, 15h00-16h30

Inscrições:

HISTÓRIA DA QUÍMICA NO PORTO: Uma visita ao Laboratório Ferreira da Silva

Aceite o convite para viajar no tempo, num espaço único, até ao início do século passado, e observar alguns dos instrumentos e publicações que então marcaram as mais inovadoras práticas de ensino e investigação em química na cidade do Porto. Conheça também alguns exemplos dos serviços prestados à comunidade pelo Professor Ferreira da Silva e seus sucessores, sobretudo nas áreas da prevenção da fraude alimentar e da toxicologia forense. Tudo na companhia da Curadora de Instrumentos Científicos do MHNC-UP.

Local:

  • Laboratório Ferreira da Silva – Polo Central do MHNC-UP

Data e hora:

  • 13 abril 22, 4.ª feira, 15h00-16h30

Inscrições:

BOTÂNICA ECONÓMICA: COLEÇÕES DE HERBÁRIO NO ENSINO DOS RECURSOS NATURAIS

Nesta visita exclusiva à nova exposição temporária do MHNC-UP, O Museu à minha procura, venha descobrir a relevância das coleções de herbário na educação acerca dos recursos naturais do nosso planeta, na companhia da Curadora do Herbário da U.Porto.

Local:

  • Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • 13 abril 22, 4.ª feira, 16h30-17h15
  • 29 abril 22, 6.ª feira, 16h30-17h15

Inscrições:

DA ESTÉTICA À UTILIDADE: OS MINÉRIOS DA COLEÇÃO DO MHNC-UP

Nesta visita exclusiva à nova exposição temporária do MHNC-UP, O Museu à minha procura, e ao Laboratório Ferreira da Silva, venha descobrir o potencial dos minerais que fazem parte da coleção de geologia do MHNC-UP, na companhia do seu Curador.

Local:

  • Polo Central do MHNC-UP

Datas e horas:

  • 14 abril 22, 5.ª feira, 15h00-15h45

Inscrições:

DO MUSGO À ORQUÍDEA, A EVOLUÇÃO DAS PLANTAS: Visita guiada temática

Num percurso pelo Jardim Botânico da Universidade do Porto conseguimos fazer uma viagem no tempo e ver a olho nu exemplos que ilustram a evolução das plantas, desde as mais primitivas até às que têm as estratégias de vida mais sofisticadas. Vamos explorar o caminho percorrido ao longo de milhões de anos, pelas plantas para conquistar um lugar ao Sol em terra firme.

Local:

  • Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 15 abril 22, 6.ª feira, 14h30-16h00

Inscrições:

A BELEZA DA FÍSICA: Instrumentos de ensino dos séculos XIX e XX

Nesta visita exclusiva aos espaços do Edifício Histórico da Reitoria da Universidade do Porto, descubra, na companhia da Curadora de Instrumentos Científicos do MHNC-UP, um conjunto de magníficos instrumentos utilizados no ensino da física ao longo dos séculos XIX e XX.

Local:

  • Laboratório Ferreira da Silva – Polo Central do MHNC-UP

Data e hora:

  • 20 abril 22, 4.ª feira, 15h00-15h45

Inscrições:

ESTRATÉGIAS DE VIDA DAS PLANTAS

As plantas foram dos primeiros seres vivos a conquistar o ambiente terrestre, tornando possível a existência de todas as formas de vida que hoje conhecemos. Ao longo de milhões de anos, foram-se diversificando e adaptando a diversos ambientes, desde o aquático ao desértico, das regiões mais frias até às tropicais, beneficiando da interação com outros organismos. Num percurso pelo Jardim Botânico da Universidade do Porto, vamos abordar diferentes adaptações das plantas, apresentando curiosidades fascinantes sobre estes seres vivos.

Local:

  • Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 22 abril 22, 6.ª feira, 14h30-16h00

Inscrições:

BIODIVERSIDADE CULTIVADA EM CASA

Árvores e arbustos que providenciam alimento e abrigo para a fauna selvagem, flores atrativas para insetos polinizadores, madeira morta e pequenos pontos de água são importantes estruturas ecológicas que promovem a biodiversidade e enaltecem as experiências que os espaços verdes nos proporcionam. Nesta oficina vamos falar do papel destas estruturas no cultivo da biodiversidade urbana e de técnicas de manutenção adaptadas aos nossos jardins ou varandas.

Local:

  • Jardim Botânico da Universidade do Porto

Datas e horas:

  • 29 abril 22, 6.ª feira, 14h30-16h00

Inscrições:

Conheça o programa completo no website da Casa Comum.