ROTEIROS DO CONHECIMENTO 2019 (2.ª EDIÇÃO)

 

Já na segunda edição, os Roteiros do Conhecimento são um programa de percursos  temáticos gratuitos e de valorização da cultura nas áreas da saúde, biologia, geologia, matemática, arqueologia, tecnologia, astronomia, entre outras, que convida à descoberta do património nacional.

Coordenado a nível nacional pelo MUHNAC-U.Lisboa esta é uma iniciativa organizada em estreita parceria com entidades de Norte e a Sul do país detentoras de património e promotoras de iniciativas de consciencialização pública.

O MHNC-UP associa-se a esta iniciativa propondo um conjunto percursos para o mês de junho.

a ter lugar simultaneamente no Porto, em Coimbra e em Lisboa.

 

HERBÁRIO INDISCRETO: SEGREDOS DO SÉCULO XIX DA CIDADE DO PORTO GUARDADOS NA COLEÇÃO DO MHNC-UP [ESGOTADO]

14 de junho de 2019 – 10h00 às 11h30 

Os Herbários – coleções científicas de plantas, algas ou fungos secos e prensados – surgem pela primeira vez na cidade do Porto no século XIX, preparadas quer por amadores e horticultores aficionados da Botânica, quer por professores liceais ou ligados à Academia Politécnica ou à Escola Médico-cirúrgica do Porto. Muitas destas coleções tornaram-se icónicas por serem pioneiras e estão hoje agregadas no Herbário do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP). Por outro lado, muitas das suas anotações e etiquetas revelam as personagens e as suas visitas de campo, bem como a forma como era vivida a experiência de conhecimento da Natureza.

Nesta visita, haverá lugar para uma conversa com base em elementos fotográficos e botânicos, que nos transportará pelos vários jardins, boticas e hortos botânicos da cidade do Porto relacionados com o Herbário do MHNC-UP, bem como pelas personagens histórias (botânicos, horticultores, farmacêuticos, médicos e etnobotânicos) que dedicaram muito do seu tempo a compilar informação sobre a flora do Porto e dos seus arredores.

A sessão será dinamizada por Cristiana Vieira.

Ponto de encontro | Jardim da Cordoaria junto à estátua de Ramalho Ortigão, Porto. Serão feitas pequenas deslocações em torno do Jardim da Cordoaria.

Duração | 1h30min

Inscrições | info@mhnc.up.pt

Participação gratuita mediante inscrição prévia e limitada a 20 pessoas.

 

VIRTUDES E CRIPTOGÂMICAS: JARDINS MICROSCÓPICOS DE MUSGOS E LÍQUENES NO PARQUE DAS VIRTUDES

14 de junho de 2019 – 15h00 às 17h00

Desde que haja luz e humidade suficientes, os musgos e líquenes são capazes de colonizar todos os pequenos nichos inadequados para plantas com flores. Estes organismos podem ser quase tão pequenos e estar tão escondidos que nem damos por eles no meio de um jardim. Por outro lado, eles próprios são a “casa” ou o “jardim” de outros animas, plantas, algas ou fungos ainda mais pequenos, que os usam como refúgio, alimento, ou até, um jardim onde repousar. No caso dos líquenes, temos ainda de pensar que eles próprios são conjuntos de microrganismos que vivem associados para sobreviver.

Localizado no centro histórico do Porto, o Parque das Virtudes ocupa o espaço que outrora pertenceu à Companhia Hortícola Portuense, concebido pelo jardineiro paisagista José Marques Loureiro (1830-1898). Em 1965, foi adquirido pela Câmara Municipal do Porto, tendo sido efetuadas obras de recuperação, em 1998. Através de um percurso pelo Jardim das Virtudes e, com o auxílio de lupas, vamos descobrir estes pequenos organismos na infinidade de locais onde surgem e ao mesmo tempo revelar algumas curiosidades e mitos sobre estes dois grupos biológicos. Venha descobrir este património de vida que engrandece a biodiversidade de qualquer jardim, inclusivamente o seu favorito.

A sessão será dinamizada por Cristiana Vieira, Helena Hespanhol e Joana Marques.

Ponto de encontro | Chafariz das Virtudes, entrada do Parque pela Calçada das Virtudes, Porto

Duração | 2h00min

Inscrições | info@mhnc.up.pt

Participação gratuita mediante inscrição prévia e limitada a 20 pessoas.

 

DO GRANITO AO AZULEJO: VENHA DESCOBRIR A GEOLOGIA E OS MATERIAIS QUE CARACTERIZAM A BAIXA DO PORTO [ESGOTADO]

28 de junho de 2019 – 15h às 16h30 

No dia 28 de junho, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) convida-o(a) a descobrir os segredos que as rochas escondem, propondo uma perspetiva diferente sobre a cidade.

A cidade do Porto é muitas vezes caracterizada pela sua melancolia e cor cinzenta, em grande parte devido aos granitos usados na construção de muitos dos edifícios da cidade, que influenciam a arquitetura e os restantes materiais usados. Convidamo-lo(a) a participar numa caminhada por algumas ruas icónicas da baixa da cidade do Porto durante a qual terá a oportunidade de descobrir mais sobre alguns dos seus edifícios, explorando as suas características geológicas e a sua história. Locais como a afloramento granítico que se encontra ao lado da Estação de São Bento e a Rua Galeria de Paris farão parte do percurso, que terminará na Praça Carlos Alberto, onde se localiza o Banco de Materiais do Porto. Ao longo desta viagem geológica no centro do Porto, irá ainda perceber o porquê de não encontrarmos fósseis de grandes dinossauros na cidade, ao contrário do que acontece no centro do nosso país.

A sessão será dinamizada por João Muchagata.

Ponto de encontro | Estação de São Bento – Praça Almeida Garrett, 4000-069 Porto (interior perto da entrada principal). Serão feitas deslocações entre a estação, Clérigos e a Rua Galeria de Paris, terminando na Praça Carlos Alberto, junto ao Banco de Materiais do Porto.

Duração | 1h30min

Inscrições | info@mhnc.up.pt

Participação gratuita mediante inscrição prévia e limitada a 20 pessoas.

 

Ainda no âmbito do programa dos Roteiros do Conhecimento, no mês de junho poderá também participar na atividade “A Pré-História em Lisboa – Os Primeiros Agricultores” a decorrer no dia 8 no Centro de Arqueologia de Lisboa. Para mais informações sobre este evento em particular clique aqui.